6 de ago de 2014

Grupo russo rouba 1,2 bilhão de senhas com ataque global

A Hold Security, especializada em segurança digital, revelou um suposto incidente, que, se confirmado, seria um dos mais graves da história. A empresa diz ter conseguido encontrar um grupo de cibercriminosos russos que teriam roubado 1,2 bilhão combinações de senhas e nomes de usuário de vários serviços na web, além de outros 500 milhões de endereços de e-mail. 
O alerta no blog da empresa abrange basicamente todos. “Não importa se você é um especialista em computadores ou um 'tecnófobo', se seus dados estão em algum lugar da web, você pode ter sido afetado”. Os dados podem não ter sido roubados diretamente do usuário, mas pode ter sido roubado dos serviços utilizados. 

Foram mais de 420 mil sites e FTPs roubados, segundo a Hold Security. Os responsáveis pelo estudo foram atrás das principais empresas e sites populares, mas não falam em nomes porque as brechas usadas pelos cibercriminosos podem continuar abertas. 

A rede russa de cibercrime não opera sob um nome, mas recebeu um apelido da própria empresa: “CyberVor” (Vor significa “ladrão” em russo). O estudo indica que, inicialmente, foram 4,5 bilhões de resultados conseguidos pelo grupo, mas muitos deles eram duplicados. Depois de organizadas as informações, o número final foi de 1,2 bilhões de credenciais. 

A Hold Security tem histórico em revelar este tipo de invasão. A empresa já informou uma vulnerabilidade na Adobe que resultou em vazamento de identidade, senhas e informações bancárias dos clientes da empresa, algo na casa de 38 milhões de pessoas. Também revelou a brecha usada por hackers para roubar informações da Target, uma gigante do varejo nos Estados Unidos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...