14 de abr de 2014

10 medidas de segurança que podem ser adotadas por usuários do Windows XP

Pesquisador da Gartner, Inc., empresa norte-americana especializada em segurança, lista dicas que deixam o nível de risco "tolerável e controlável" principalmente a empresas que ainda usam o tal OS.
O suporte ao Windows XP foi encerrado no último dia 08/04 – o carismático sistema operacional chegou até a escrever uma carta de despedida a seus usuários. Com o fim do suporte ao OS, naturalmente uma fundamental questão veio à tona: como proteger aquelas máquinas ainda equipadas com o ultrapassado software?

Em declaração aberta ao público emitida nesta semana, Neil MacDonald, vice-presidente da Gartner, Inc., empresa especializada em pesquisa e segurança tecnológica, listou uma série de dicas a quem ainda possui o Windows XP como sistema operacional padrão. Em seu Blog, MacDonald afirma que “o uso continuado do OS implica em risco”. É possível, porém, tolerar e controlar o nível de exposição a possíveis ataques por meio da tomada de precauções.

“Qualquer sistema, esteja ele recebendo suporte ou não, está suscetível a risco. Na maioria dos casos, o Windows XP pode continuar sendo usado com um nível de risco controlável e tolerável sem a solicitação de serviços de terceiros ou o pagamento à Microsoft por suporte customizado durante a migração”, afirma o pesquisador, referindo-se, sobretudo, a empresas. Se a sua organização pertence aos 10% de empresas que utilizam o tal OS, confira as dicas de MacDonald e previna-se. Mas atenção: atualizar-se é a melhor solução contra ataques.

01 - Restrinja a conectividade de sua rede o máximo possível;

02 - Implemente uma solução de controle de aplicativos e proteção de memória;

03 - Remova os direitos administrativos;

04 - Fiscalize os vetores de ataques mais comuns – como acesso à web e verificação de emails;

05 - Mantenha seus softwares stack atualizados sempre que possível;

06 - Use um IPS para proteger seu Windows XP de eventuais ataques;
   
07 - Preste atenção em vulnerabilidades particulares (como aquela que afetou os servidores do Windows em 2003)
   
08 - Comunidades específicas vão compartilhar informações sobre o Windows XP (fique atento a pesquisas independentes e a organizações como Monitor Community e Threat Intelligence Feeds);
   
09 - Elabore de antemão um plano para isolar eventuais quebras de segurança que podem acometer uma rede gerenciada pelo Windows XP; e
   
10 - Leve em consideração a relação custo/benefício das dicas listadas acima – pode ser mais vantajoso a uma ou outra empresa fazer a devida atualização do OS.



Deixar o mínimo de entradas USB e unidades de mídia (CD/DVD) instaladas em computadores que rodam o Windows XP também é uma das recomendações feitas pelo especialista. Você ainda faz uso do clássico sistema operacional? Se sim, leve em conta algumas das sugestões feitas por MacDonald e proteja-se de eventuais ataques.



Fonte: Tecmundo


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...