24 de fev de 2014

Zuckerberg revela que desativou Whatsapp a pedido de Nicolas Maduro

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, que recentemente adquiriu o Whatsapp, falou com exclusividade em uma reportagem no início da noite de ontem sobre a desativação do referido aplicativo.
“Resolvemos desativar provisoriamente o aplicativo a pedido do presidente venezuelano Nicolas Maduro. O Whatsapp estava sendo utilizado como ferramenta de comunicação de grupos opositores. Para evitar maior instabilidade naquele país, resolvemos desativar provisoriamente. “

A aquisição do Whatsapp pelo Facebook, por bilhões de dólares, foi alvo de críticas. Para Seu Jorge, vendedor de cachorro quente na esquina da Salgado Filho com a Romualdo Galvão, “esse Zuckerberg é muito trouxa. Comprou o Whatsapp por uma fortuna enquanto no meu celular já veio de graça.


Fonte: joselitomuller


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...