28 de jul de 2013

Internet 3G: veja o que atrapalha e o que ajuda a captar o sinal

Usar internet móvel no Brasil é um grande teste de paciência com as constantes quedas de sinal e instabilidade no serviço. Para tentar contornar o problema, alguns usuários fazem ''gambiarras'' para aumentar o sinal do 3G em seus smartphones e modems. 
Há também quem use até antenas externas e repetidores de sinal na tentativa de conseguir conexão. Veja a seguir o que realmente funciona e o que não passa de mito.
VERDADE - Segundo o professor Marcelo Zanateli, do departamento de Engenharia Elétrica do Centro Universitário da FEI, o sinal radioelétrico pode ser imaginado como se fosse uma luz. ''Uma área mais 'iluminada' tem sinal melhor, mas há obstáculos físicos. Se a pessoa se deslocar para lugares onde essa 'iluminação' é maior, como para um lugar mais alto, pode pegar um sinal melhor'', afirma.
MITO - Não é possível aumentar o sinal com soluções ''caseiras''. Essas ''gambiarras'' remetem àquela velha técnica de colocar palha de aço na antena da TV, lembra o professor de Engenharia Elétrica Marcelo Zanateli. Mas os smartphones não contam mais com aquela antena que podia ser puxada para atender uma ligação. ''As antenas são internas, então há muito pouco a ser feito para melhorar a recepção do sinal'', diz.
MITO - No caso de modems, soluções caseiras nem sempre funcionam. Mudar a posição do aparelho -- em relação ao cômodo onde está ou em relação à porta USB usada para conectá-lo - pode ajudar um pouco a melhorar o sinal de internet captado, mas não há aumento drástico. ''O que atrapalha mesmo é usar modems de terceira linha, que não dispõem de uma antena boa'', diz Ruy Bottesi, presidente da AET (Associação de Engenheiros de Telecomunicações).
VERDADE - Materiais metálicos, explica o professor de Engenharia Elétrica Marcelo Zanateli, podem atrapalhar a recepção do sinal eletromagnético nos smartphones porque são condutores. É bom dar preferência a capas de feitas de plástico e sem nenhum acabamento em metal.
PARCIALMENTE VERDADE - Dependendo da posição da Estação Rádio Base (que emite o sinal para o celular), é possível que o sinal já esteja fraco e a mão vire um obstáculo à antena interna do celular. ''Mas é um interferência muito sutil'', afirma Bottesi. Outra hipótese, diz Zanateli, é o usuário tapar a antena interna totalmente com a mão. Mas como a posição dela varia muito de acordo com cada modelo de smartphone, não é possível afirmar que isso vá ocorrer sempre.
VERDADE - O cabo extensor ajuda um pouco porque permite que o modem fique posicionado longe do computador (em uma área com mais sinal, por exemplo). ''Em vez de movimentar todo o conjunto [computador e modem], o cabo pode dar flexibilidade para o usuário movimentar só o aparelho'', diz Marcelo Zanateli, professor de Engenharia Elétrica. Apesar de ajudar, o cabo não é mágico: se o sinal no local é inexistente ou muito fraco, não vai adiantar. 
PARCIALMENTE VERDADE - O caso da panela lembra outra gambiarra, aquela que usa um pote vazio de batatas Pringles em volta da antena do roteador Wi-Fi. ''Dependendo da situação, a panela pode funcionar como antena adicional, concentrando os feixes radioelétricos e dando a impressão de sinal melhor'', explica Zanateli. Mas a solução caseira pode não dar certo, principalmente se no local houver barreiras ao sinal, frisa Bottesi. ''O sinal que o celular tem de enviar à antena pode ser prejudicado também. Só testes em laboratório comprovariam a eficácia disso''.
MITO - Prender o chip com fita adesiva não ajuda a melhorar o sinal. Em geral, o encaixe dos chips das operadoras nos aparelhos é feito de forma exata. Outro problema é que a adição da fita pode, dependendo do aparelho, invalidar sua garantia de fábrica.
PARCIALMENTE VERDADE - Usar um copo de vidro pode ajudar, mas nem sempre funciona. ''O vidro altera a direção de um feixe de luz. A onda eletromagnética do sinal tem um comportamento como se fosse luz, apesar de não ser visível. Quando você coloca o celular dentro do copo, como no efeito da 'lupa', pode haver leve aumento de sinal'', explica Zanateli. Mas também pode acontecer de o vidro desviar as ondas eletromagnéticas. Por isso, não é algo que funciona em todos os casos. ''O ideal é não ter nenhum tipo de obstáculo à onda. O melhor meio de propagação é o ar'', diz Bottesi.
PARCIALMENTE VERDADE - Em situações específicas, conectar o aparelho a uma fonte de energia pode ajudar. Celulares usados, que apresentam redução no tempo da bateria, podem aumentar um pouco a recepção de sinal quando conectados em uma tomada. Isso porque carregar o aparelho garante energia constante à antena, o que pode ocasionar alguma melhora no sinal, diz Zanateli. No caso de smartphones novos, com bateria ainda boa, isso não fará muita diferença. ''A energia constante para o transmissor do celular durante a carga pode dar a sensação que há melhora, mas é pouca'', diz Bottesi.
VERDADE - Sim, esses aparelhos são usados, em geral, em áreas afastadas das Estações Rádio Base de operadoras, como zonas rurais. A antena é instalada na área externa da casa e apontada para o local onde há uma estação. Ela vem com um cabo, que pode ser ligado ao celular (se ele tiver a entrada para o conector). Alguns modelos vêm com uma base para prender o modem 3G ou celular. No caso do smartphone, a desvantagem é que ele vira um ''telefone fixo''. Antes de comprar essas antenas, a Anatel alerta que o consumidor confirme se há o selo de homologação (que atesta que o produto passou por testes e não apresenta riscos à saúde). A lista de produtos está em http://sistemas.anatel.gov.br/sgch.
VERDADE - Sim, esses aparelhos são em geral utilizados pelas próprias operadoras e amplificam o sinal para retransmiti-lo a uma determinada área. Eles são úteis, por exemplo, para locais onde só há sinal (fraco) em áreas externas às construções, pela grande distância existente da Estação Rádio Base mais próxima. Antes de comprar equipamentos como esse, a Anatel alerta que o consumidor confirme se há o selo de homologação da agência (que atesta que o produto passou por testes e não apresenta riscos à saúde).A lista de produtos homologados está em http://sistemas.anatel.gov.br/sgch .


Fonte: Tecnologia/Uol


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...