25 de jun de 2013

Google começa a trabalhar com relatórios transparentes contra malwares

Todo mundo que costuma navegar com frequência na internet sabe que há inúmeros malwares que ameaçam a segurança de computadores — e um dos tipos mais comuns de vírus são os conhecidos como phishing, que têm o objetivo de atrair o internauta e roubar alguma informação importante, como senhas de cartão de crédito, por exemplo.
Acontece que a Google também sabe disso e estava bem preocupada com a segurança dentro da internet. Por conta disso, em 2006, a empresa começou o desenvolvimento de um programa intitulado “Safe Browsing”. A intenção era a de identificar sites perigosos e sinalizá-los, de maneira que todos eles pudessem ser evitados.

O esforço deu certo!
Como foi publicado no blog oficial da Google, o programa gerou bons frutos. Com isso, a empresa é capaz de bloquear com uma tela vermelha — e que também conta com um aviso por escrito — os sites que possivelmente apresentam algum tipo de vírus, em um método parecido com o usado em páginas sem certificado.

Agora, a novidade é que a companhia está compartilhando relatórios de forma transparente, mostrando onde a maioria dos sites maliciosos são hospedados, como os vírus funcionam e até mesmo como páginas passam a ser infectadas. Com isso, organizações públicas ou privadas podem entender melhor a maneira como as infecções acontecem, melhorando a segurança na internet.

Ainda de acordo com a o blog oficial, o serviço já está sinalizando cerca de 10 mil sites por dia — isso se você levar em conta somente o Google Chrome. Como a tecnologia é compartilhada com outros navegadores, a marca de página bloqueada chega a ser de 1 bilhão. 

Fonte: tecmundo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...