31 de jan de 2013

Em clima de tudo ou nada, RIM apresenta hoje BlackBerry 10

Depois de meses de especulações e rumores, a Research In Motion (RIM) finalmente anunciará nesta quarta-feira o seu novo sistema operacional, o BlackBerry 10, além de novos smartphones. Em um lançamento global, Thorsten Heins, CEO da RIM, irá enfrentar o olhar atento dos analistas de mercado e o julgamento dos consumidores. E precisa causar uma boa impressão para conseguir retomar um lugar ao sol entre as cinco maiores fabricantes de smartphones do planeta. 

A tarefa, contudo, não será fácil, ainda mais quando se considera os números finais do mercado de telefones móveis em 2012. Segundo a consultoria IDC, a empresa fechou o ano passado com queda de 36,4% em sua participação. Atualmente, apenas 4,6% deste enorme mercado estão nas mãos dos dispositivos BlackBerry. Como consequência, a RIM se viu fora do ranking das grandes marcas, uma lista dominada pela Samsung, Apple, Huawei, Sony e ZTE, respectivamente.

Para dar conta do recado, a RIM parece ter traçado um ambicioso plano de lançamento de novos aparelhos e no desenvolvimento de um sistema operacional sólido. Nesta quarta-feira, espera-se que a empresa lance dois modelos. Um será equipado com um teclado virtual, enquanto o outro pode vir com teclado do tipo QWERTY. Suspeita-se ainda que os aparelhos contem com suporte para rede 4G LTE e especificações comparáveis às de seus rivais, iPhone 5 e Galaxy S III.

Mas estes não devem ser os únicos smartphones da empresa em 2013. Durante a última CES, um executivo do alto escalão da empresa declarou que, apenas para este ano, a RIM pretende lançar seis aparelhos, e que devem atender a todas as faixas de preço. A estratégia funcionou muito bem para a Samsung, por exemplo. Com um portfólio diversificado e que inclui aparelhos básicos e avançados, os sul-coreanos conseguiram se consolidar em 2012 como os maiores fabricantes de celular do planeta.

Nenhum smartphone, porém, é bom o suficiente sem um sistema operacional bem estruturado. Portanto, outro desafio a ser superado pela RIM será a receptividade do mercado ao seu BlackBerry 10. Especula-se que o software irá permitir o uso de até oito apps de forma simultânea, algo que nenhum dos seus concorrentes é capaz de fazer. Além disso, seu navegador será baseado em HTML 5 e poderá reproduzir conteúdo em Flash, superando o iPhone 5, por exemplo.

Outro passo importante no caminho de volta aos holofotes, e mais um desafio na extensa lista de lições de casa que a RIM precisa completar, é sua loja de aplicativos, a BlackBerry World. Na semana passada, o site foi reformulado e agora conta com um variado catálogo de música, filmes e seriados.

Nesta quarta-feira, dia do tudo ou nada, a loja virtual conta com, pelo menos, 70 mil apps disponíveis para download. Um número pequeno, é verdade, especialmente quando comparado ao ambiente da App Store, da Apple, que agrega cerca de 700 mil aplicativos.

Fonte: Exame abril
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...