9 de fev de 2012

300 sites relacionados a pirataria são fechados pouco antes da final do Super Bowl


Nas semanas que antecederam  um dos mais importantes acontecimentos esportivos do ano, nos EUA, as autoridades não deram tréguas aos sites de venda de produtos e streaming das transmissões desses eventos.

A final do Super Bowl levou as autoridades americanas a encerrar mais de 300 sites, sendo que 16 deles disponibilizavam a retransmissão gratuita de eventos desportivos.

As autoridades divulgaram que se tratou de mais uma ação de combate à pirataria na internet, e que. além do fechamento dos sites, ocorreu também a prisão de uma pessoa acusada de violação dos direitos autorais.

O detido foi identificado como Yonjo Quiroa, de 28 anos, que era o responsável pelos 16 sites de transmissão ilegal dos eventos, sendo que a operação se dava a partir de sua casa.

A notícia desta operação foi divulgada pelo site Torrentfreak, que acrescentou ainda que muitos dos sites encerrados estavam relacionados com a venda de material pirata relacionado com o Super Bowl e outros eventos do género.

Uma das novidades desta operação foi o fato de que, pela primeira vez, as autoridades dos EUA terem podido encerrar sites com o domínio .tv, que pertence às ilhas Tuvalu (Estado da Polinésia), mas que é operado pela Verisign, que está sediada em território norte-americano.

Fonte: Torrentfreak
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...