1 de dez de 2011

Samsung vence recurso na Austrália, e pode voltar a vender o Galaxy Tab 10.1 no país

A guerra de patentes entre Apple e Samsung continua, e dessa vez os coreanos conseguiram uma importante vitória na Austrália. 

Um grupo de juízes locais deliberou contra a Apple na ação que proibia as vendas do Galaxy Tab 10.1 no país. A decisão foi dada pelo Plenário da Corte Federal australiana, que derrubou a decisão estabelecida pelo mesmo tribunal no mês passado. Nela, a Samsung era proibida de vender o Galaxy Tab 10.1 enquanto uma decisão final não era dada.
Samsung Galaxy Tab 10.1 (Foto: Divulgação)
Samsung Galaxy Tab 10.1 (Foto: Divulgação)
O argumento para a reversão da decisão é que, como o Galaxy Tab 10.1 tem menos de 12 meses de comercialização no país, uma proibição em suas vendas poderia, na prática, "matar" o produto na Austrália, oferecendo à Apple um domínio desleal no mercado local, e uma vitória completa em relação às suas reivindicações.
Porém, a Samsung ainda não pode recolocar o Galaxy Tab 10.1 no mercado australiano. A Apple recorreu da decisão, e solicitou uma nova audiência, marcada para a próxima sexta-feira, 2 de dezembro. O advogado da empresa, Stephen Burley, informou ao tribunal de Sydney que vai entrar com o recurso na Suprema Corte de Camberra, para novamente restabelecer a proibição das vendas.

Ainda assim, esta é uma vitória importante para a Samsung, pois é a primeira decisão judicial favorável à empresa desde o início do embate judicial. A Apple venceu a ação apresentada na Alemanha, com o argumento de que a Samsung teria copiado o design do iPad. Com isso, o tablet teve suas vendas interrompidas, e a fabricante coreana foi obrigada a lançar uma versão alternativa do Galaxy Tab 10.1 para contornar essa proibição, com uma pequena modificação em seu design. Com o lançamento do Galaxy 10.1N, a Apple agora quer proibir a comercialização desse "novo" tablet da Samsung em toda a União Europeia.

Fonte: Techtudo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...